HOME HISTÓRIA NOTÍCIAS EVENTOS VÍDEOS WHAT'S UP? CALENDÁRIO RESULTADOS ENTREVISTAS HINO DO ZZ
 
ZZ vem do meu apelido de Zezeh, dado por minha mãe. Era assim que ela me chamava e outras pessoas aderiram. Há aqueles que só me chamam assim. Daí surgiu à idéia de batizar meu time de botão de ZZ Futebol Clube. Mas, como pode? Futebol Clube não tinha nada a ver se o jogo é futebol de mesa. Então desisti e adotei o Flamengo como nome da minha grande paixão: meu time de futebol de mesa. Jogo botão desde oito ou nove anos de idade não sei exatamente, só sei que era muito pequeno ainda. Inventava todo e qualquer tipo de botão: de "vidro de avião" de "galalite", de "coco" e os surrupiados dos paletós dos meus tios ou capas das minhas tias, sendo que esses últimos sempre me rendiam uma bonita surra da minha mãe com a famosa borracha de motor da cerâmica, onde morava quando criança. Mas, não desistia. Sempre tinha um Pelé (se o botão fosse preto) ou um Ademir da Guia (botão branco). No meu time só jogava craques. Ganhei muitos jogos do meu irmão e dos vizinhos que raramente não terminava em briga e uma surra quando chegava em casa. Só não conseguia vencer o "cantareira" do meu sobrinho Hudson, na epoca com 10 anos de idade. Eu inventava regras, anulava gols, mais não tinha jeito; O moleque sempre ganhava e saia cantando "É Can ta rei ra"; "É Can ta rei ra"... O tempo passou, mas o futebol de mesa ainda faz parte da minha vida. Sempre digo que, depois da minha filha, o botão é a minha grande paixão. Então, tá... aqui estamos. Vamos começar uma nova história. Dessa vez, espero, sem brigas ou surras.