HOME HISTÓRIA NOTÍCIAS EVENTOS VÍDEOS WHAT'S UP? CALENDÁRIO RESULTADOS ENTREVISTAS HINO DO ZZ
 
DIDI VASCAIANO


Hoje fomos mais longe. Fomos até o Piauí mais precisamente à bela cidade de Teresina, capital daquele maganífico e acolhedor Estado. Nossa missão era entrevistar o Didi Vascaino, um dos destaques do futemesa piauiense.O Diomedes, carinhosamente conhecido por Didi Vascaino, nos diz que começou jogando com o seu grande amigo Regis Gigante (que aparece na foto junto ao Didi)nos estrelões da vida. Como estávamos bastante curiosos, fizemos questão de saber mais sobre esse botonista que considera fundamental a sua participação no Campeonato Nordestão, realizado em Recife no ano de 2009.

1. Há quanto tempo você joga botão e como tudo começou?

- Em criança jogava com o amigo Regis no famoso Estrelão.Passei uns tempos afastado e há cinco anos me encontrei com ele num estádio de futebol e esse me falou que o jogo de botão tinha se profissionalizado e me convidou para conhecer a nova regra.Aceitei o convite e fiquei muito feliz. Hoje tenho o futebol de mesa como uma coisa indispensável na minha vida.

2.Você joga por que clube e a qual Federação está filiado?

- Atualmente estou no River Atlético Clube e sou filiado à Federação Piauiense de Futebol de Mesa, cujo presidente é o nosso querido Regis.

3. Qual a regra que você pratica e qual a que você acha mais atraente?

- Jogo a regra que acho mais atraente. A dos doze toques.

4. Faria alguma alteração nessa regra?

- Tive a oportunidade de ler essa regra por completo e não tenho nada a modificar. Ela é ótima e emocionante.

5. O que acha da ideia de se conhecer a bola antes de qualquer competição?

- Na minha opinião, o botonista tem que está preparado para qualquer tipo de bola. Para não ter surpresa, eu treino muito esse fundamento (chutes a gol com bolas diferentes)

6. Quais as suas maiores conquistas e suas maiores decepções nesse esporte?

- Minha maior conquista foi o terceiro lugar da série adulto/ouro no Campeonato Nordestão de 2009.Fizemos uma viagem muito cansativa, mas valeu a pena.Também tenho como conquista as amizades que conseguí dentro desse esporte e, por incrível que pareça, não tenho decepções no futemesa.

7. Qual ou quais são os seus ídolos no futemesa?

- Meu ídolo é todo aquele que pratica o futebol de mesa com honestidade e amor.Porém, o meu maior ídolo é o Regis, não por ser meu amigo de infância. Quem conviver com ele na Federação do Piauí, vai entender o porquê.Ele não é somente um amigo. Ele é um pai, um irmão, um incentivador, um conselheiro, enfim um verdadeiro botonista. Digno de ser considerado um verdadeiro ídolo. Se não conquista tantos títulos, conquista o respeito de todos pela sua maneira de ser e pelos seus ensinamentos sobre o futebol de mesa, entre eles o amor por esse esporte.

8. Considera o praticante de futebol de mesa com tendências egocêntricas?

- Tem alguns que tendem para o egoismo, mas não se pode generalizar. Há aqueles humildes em sua eficiência e sabedoria pois entendem que o centro das atenções deve ser o esporte como um todo.Só assim conseguimos evoluir.

9. Acha que, realmente, o futemesa é um esporte cuja principal finalidade é fazer amigos?

- O certo seria isso. Mas devido ao orgulho de alguns, a união deixa a desejar...

10. Como vê a rivalidade clubística no futemesa?

- Essa rivalidade tem que existir na mesa de jogo. Não é bom quando ultrapassa esses limites. Fora do jogo temos que amar ao próximo e reconhecer que quando perdemos é porque o nosso adversário foi merecedor.

11. Acha que o nosso esporte pode um dia ser olímpico?

- No momento acho difícil. Porém, com uma maior efetivação da Nossa Confederação, podemos até sonhar com isso.

12. Como vê a situação do futemesa no Nordeste?

- Muito boa. Principalmente na questão competitiva. Já tivemos dois times do Nordeste conquistando o terceiro lugar na série prata do Brasileiro por equipes. Da maneira que vamos, logo estaremos num patamar maior...

13. Então, por que temos tantas dificuldades em participar desse campeonato? Não seria o caso da CBFM nos ajudar a participar dessa competição, mostrando-nos uma saída para tal?

- A CBFM tem que olhar também para nós.

Ela tem que sentir que uma pluralidade maior nesses campeonatos só iria aumentar a visibilidade desse esporte, saindo um pouco do lugar comum, ou seja São Paulo, Rio e Paraná.Ultimamente soubemos que Pernambuco tentou por diversas maneiras mandar um time para Itajaí, sede do próximo campeonato de clubes,mas foi barrado porque não conseguiu completar o mínimo de quatro atletas num só clube e foi negado o seu pedido de empréstimo de um atleta do mesmo Estado, porém pertencente a um có-irmão...(grifo do nosso site)

14. Como você analisa o Nordestão?

- Magnífico! Sem comentários... tem que existir sempre.

15. Crê que podemos criar outras competições regionais?

- Sim. Basta raciocinarmos com amor e dedicação ao futemesa que veremos possibilidades diversas.

16. Considera o nosso esporte bem divulgado?

- Não. Acho que temos um divulgação razóavel. Estamos um pouco acomodados. Teríamos que focar outras mídias, tais como rádio, televisão e divulgações in loco nos colégios.

17. Acha que o nosso esporte é caro para ser praticado? Como baratear os custos?

- É caro sim, mas o amor a esse esporte fala mais alto. Aqui no Pauí, já temo nossos próprios fabricantes de mesas de jogo e isso já é uma maneira de economia. Entretanto, quem ama o futebol de mesa não mede esforços para participar desse magnífíco esporte.

Então, tá... fique à vontade para fecharmos esse nosso bate-papo.

-Agradeço essa oportunidade e quero dizer a todos os botonistas desse país que o meu amor ao futemesa é comparado às aguas do mar. Nunca vai acabar...
  16/12/2016 - BEL
  26/05/2015 - ENTREVISTA COM MARCELO UCHOA
  26/05/2015 - ENTREVISTA COM MARCELO UCHOA
  30/09/2013 - MATHEUS TINÉ
  05/05/2013 - ENTREVISTA COM FLÁVIO AFA
  30/08/2011 - RAFA MOREIRA
  19/05/2011 - HUMBERTO SECURÃO
  13/02/2011 - PP
  11/09/2010 - LUIZ CARLOS
  28/08/2010 - O ALAGOANO ROBERTO
  28/05/2010 - ÁLVARO PATRÍCIO
  22/05/2010 - AKILES CUSTÓDIO
  14/05/2010 - SÉRGIO ARAGÃO
  05/09/2010 - DIDI VASCAIANO
  02/05/2010 - O CAMPEÃO MARCELLUS
  19/04/2010 - MARCELO CARIOCA